Saldo preliminar da Operação Oxigênio, formada por órgãos como MP, TCE e pela Polícia Civil para investigar o caso da Compra dos Respiradores pelo Governo do Estado de SC: R$ 11 milhões bloqueados em uma conta corrente; R$ 300 mil em espécie apreendido na casa de um dos sócios da empresa Veigamed, no Rio de Janeiro, além de provas coletadas e materiais que foram apreendidos visando amenizar prejuízos financeiros do Estado.

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) e a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) cumpriram na manhã deste sábado (9), 35 mandados de busca e apreensão e sequestro de bens em quatro estados da federação.

Outras informações em breve