Renan Almeida

Em meio a crise atual, causada pela epidemia do coronavírus em todas as partes do globo, a população se viu na necessidade de modificar rapidamente toda a sua estrutura social para encontrar novas formas de seguir a vida, mesmo evitando o contato entre as pessoas.

O meio educacional é um dos que mais sofreu impacto, pois as aulas em escolas do mundo todo foram completamente suspensas!

>>Quer receber as noticias da Folha de Florianópolis? Entre em um grupo de sua preferência  no WhatsApp ou Facebook Aqui<<

A transformação digital ocasionada pela tecnologia surge como a principal aliada nesse delicado momento, fazendo do EAD – Ensino à Distância, o melhor caminho para que a prática do ensino/aprendizagem possa seguir no mundo.

Confira algumas dicas práticas e gratuitas que podem ajudar professores e estudantes com o andamento dos estudos.

Vídeo-chamadas como ferramenta do EAD

Visando a proximidade entre os educadores e alunos, a listagem abaixo é focada em ferramentas que permitem a comunicação por meio de videoconferências.

GOOGLE HANGOUTS

Com o Google Hangouts é possível falar com mais de uma pessoa ao mesmo tempo utilizando a conta do Google. Se a conversa for escrita, então é possível se comunicar com até 150 pessoas, no caso das videochamadas, o plano gratuito permite que até 10 pessoas estejam em uma mesma ligação, já o plano Business ou o Education permitem até 25 pessoas.

Utilizar o Google é bastante estratégico para o EAD, pois comumente outros recursos já costumam fazer parte do dia à dia de educadores, como é o caso do Google Drive, Classroom, agenda, entre outros. Essa integração facilita bastante a produtividade de professores e alunos.

WHEREBY

Whereby é uma plataforma exclusiva para videoconferências, sua utilização é bastante prática, pois funciona pelo modelo de envio de link, basicamente o usuário cria uma sala para conversa e envia o link dessa sala para os outros participantes.

Se a quantidade de pessoas for pequena, o Whereby pode ser uma ótima opção, já que em sua versão gratuita, ele permite até 4 participantes. As versões Pro e Business permitem até 12 e 50 participantes respectivamente e contam com outros recursos extras.

ZOOM 

Zoom é uma das principais ferramentas para videoconferência no meio corporativo e pode muito bem ser adaptado para o EAD no meio acadêmico também.

Funciona como o Whereby, entretanto o Zoom suporta até 100 pessoas em uma mesma chamada! Um número realmente alto e que suporta uma sala de aula completa.

A diretriz da ferramenta informa que as chamadas podem durar até 40 minutos no modo gratuito, entretanto não é raro encontrar usuários que relatam que conseguiram utilizar a ferramenta por maiores tempos, sem que nenhuma obstrução tivesse acontecido.

WHATSAPP

Para quem precisa de mais praticidade e pretende utilizar apenas o smartphone, o próprio Whatsapp pode dar conta do recado, afinal, chamadas em grupo são permitidas no aplicativo, podendo ser realizadas em qualquer lugar em que haja conexão com a internet.

O número de pessoas permitidas em uma videoconferência é de 8 pessoas, isso torna a comunicação bastante limitada, mas funciona muito bem se a conversa for segmentada entre grupos de alunos, para projetos específicos por exemplo.

Complementar a prática

Além dos recursos mencionados acima, o número de tecnologias que auxiliam no EAD é bastante vasto, podendo atender públicos de todas as idades.

Um grande número de aplicações são gratuitas, como é o caso do Google Classroom, mencionado acima e explorado em um outro artigo do site, é uma sugestão de ferramenta que permite acompanhar o progresso dos alunos, além de facilitar muito a comunicação.

O educador que investir em tecnologias para aperfeiçoar a sua prática pedagógica terá muitos benefícios, pois além ter um maior controle sobre o conteúdo ministrado, poderá alcançar um número maior de educandos e de uma forma mais muito mais prática.

Vale destacar que o ofício do professor consiste em dar as mesmas aulas, repetidas vezes, ano após ano, sempre para um número limitado de pessoas. Com a internet o professor é capaz de alcançar um número infinito de alunos, apenas com uma gravação de aula.

Novos horizontes no EAD

A transformação digital está acelerando o ritmo de mudanças no mundo, é de grande importância que a educação caminhe paralelamente. Os professores precisam modificar a forma de ensinar, se quiserem alcançar resultados satisfatórios e preparar cidadãos para viver o mundo moderno.

Na era da informação, o professor adquire o papel de facilitador, é aquele que orienta seus alunos, que os ajuda a filtrar as informações recebidas e os ensina a fazer uso de fontes confiáveis de informação.

Educar é um ato de amor e ternura, é preparar cidadãos para o mundo, fazendo parte de um pedacinho da história de cada um deles, semeando o bem, na esperança de que utilizem seus ensinamentos para fazer do mundo um lugar melhor.

Conteúdo publicado  originalmente no site Almeida  Soluções em Tecnologia, parceiro oficial da Folha de Florianópolis, cujo trabalho visa a divulgação da tecnologia como ferramenta auxiliar, capaz de possibilitar uma vida mais simples e agradável.