Nesta quarta-feira (20), por volta das 14h, a Polícia Civil da Comarca de Ascurra cumpriu um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça contra um homem por roubo majorado, tentativa de homicídio qualificado e organização criminosa, todos contra um banco, em Apiúna, no dia 17 de dezembro de 2019.

A prisão ocorreu no Centro de Lontras após cinco meses de diligências, considerando que ele estava foragido desde a operação “SAQUE-RECUSADO”, em janeiro. O homem foi denunciado pelo Ministério Público da Comarca de Ascurra com base nas investigações realizadas pela Polícia Civil e era o único que ainda não havia sido preso. Sua participação foi fundamental na execução do roubo ao banco, considerando que o conduzido foi o responsável pela fuga dos demais criminosos após o abandono do veículo Honda Civic utilizado no crime.

Com a prisão, resta o seguinte balanço: oito assaltantes presos e um suspeito morto em confronto com a PM no dia dos fatos. A Polícia Civil comunica ainda que o crime contra o banco em Apiúna está definitivamente solucionado, com a identificação e a prisão de todos os assaltantes que participaram.