O presidente Jair Bolsonaro anunciou na rede social na segunda-feira,15/02, que “brevemente” será enviado à Anvisa a análise do spray nasal EXO-CD24 de Israel contra a Covid-19.

Bolsonaro compartilhou também uma fala do primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyanu que afirma que os dois países devem cooperar para desenvolver medicamentos contra o novo coronavírus.

“Falei ontem por telefone com o presidente brasileiro Jair Bolsonero (sic), que nos parabenizou pelo sucesso da campanha de vacinação em Israel. Concordamos em cooperar no desenvolvimento de medicamentos e vacinas contra o vírus corona. Espero que nos encontremos em breve!”, diz a mensagem de Netanyahu escrita em hebráico e publicada em português por Bolsonaro.

“Brevemente será enviado à [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] ANVISA o pedido de análise para uso emergencial do medicamento”, continuou.

“O hospital anunciou que a substância EXO-CD24 foi administrada a 30 pacientes cujas condições eram moderadas ou piores, e todos os 30 se recuperaram – 29 deles em três a cinco dias. O medicamento combate a tempestade de citocinas, que se acredita ser responsável por muitas das mortes associadas à doença”, diz o texto publicado pelo Inpi, se referindo ao Centro Médico Ichilov, de Tel Aviv, que testa o medicamento.

“Ele usa exossomos – pequenos sacos que transportam materiais entre as células – para entregar uma proteína chamada CD24 aos pulmões, que o grupo de estudo está pesquisando há décadas. Esta proteína ajuda a acalmar o sistema imunológico e conter a tempestade”, continua a publicação.