Márcia Eufrásio, Colunista de Coluna Mente Saudável

Se você vive diariamente estressado, você está colocando em risco todo o seu bem
estar. O estresse além de provocar desequilíbrio emocional e afetar a saúde física
também reduz a capacidade de funcionamento do seu cérebro.

A boa notícia é que você pode ter mais controle do que imagina gerenciando o seu
estresse e desta forma você se torna uma pessoa mais feliz, saudável e produtiva.
Experimente as dicas abaixo e pratique os 4 A´s no gerenciamento do estresse: Afastar,
Alterar, Adaptar e Aceitar.

AFASTAR A SITUAÇÃO– Algumas situações que aparecem precisam ser encaradas de
frente e serem resolvidas. Mas há ocasiões que você pode dar um basta no estresse
simplesmente dizendo NÃO.

Conheça seus limites e assuma só aquilo que você pode dar conta. Assumir mais do
que você pode lidar é uma receita infalível para o estresse. Afaste pessoas que não
agregam nada a você: Se alguém constantemente causa algum estresse em sua vida,
limite a quantidade de tempo com que você passa com esta pessoa ou afaste-a de vez.
Assuma o controle da sua vida: se o noticiário da noite o deixar ansioso, desligue a TV.
Se o tráfego o deixar tenso, faça um outro trajeto. Se ir ao supermercado é uma tarefa
desagradável, faça suas compras on-line. Analise sua agenda, responsabilidades e
tarefas diárias e assuma somente o que é importante.

ALTERAR A SITUAÇÃO – Se você não pode evitar uma situação estressante, tente
alterá-la. Muitas vezes isso envolve mudar a maneira como você se comunica.
Se alguém estiver incomodando você, seja mais assertivo e se expresse de maneira
aberta e de forma respeitosa. Por exemplo, se voce precisa estudar e tem uma pessoa
que chegou para bater um papo, seja franco e diga que naquele momento você não
pode dar atenção.

Crie um cronograma equilibrado. Só trabalhar e não ter nenhuma diversão é uma
receita para o esgotamento e consequentemente o estresse. Altere esse padrão e
tente encontrar um equilíbrio entre a vida profissional e familiar, atividades sociais,
relacionamentos e tempo de inatividade.

ADAPTAR A SITUAÇÃO – Se você não pode mudar a situação que estressa você, mude
a si mesmo. Você pode se adaptar a situações estressantes e recuperar o seu
equilíbrio interno, alterando suas expectativas e atitudes.
Tente ver as situações estressantes de uma perspectiva mais positiva. Em vez de ficar
bravo em razão de um engarrafamento, olhe ele como uma oportunidade de ouvir sua
música favorita, apreciar o por do sol ou aproveitar o tempo sozinho.

O perfeccionismo é uma das principais fontes de estresse que você pode evitar. Pare
de exigir demais de si mesmo. Feito é melhor que perfeito.
Pratique a gratidão . Quando o estresse o desanima, reserve um momento para
refletir sobre todas as coisas que você aprecia em sua vida, incluindo suas qualidades.
ACEITAR A SITUAÇÃO – Você não pode impedir ou alterar fatores estressantes como a
morte de uma pessoa querida, uma doença grave ou uma recessão econômica. Neste
caso, a melhor maneira de lidar com o estresse é aceitar as coisas como elas são.

A aceitação pode ser difícil, mas a longo prazo, é a melhor maneira para lidar com alguns

eventos. Em alguns casos, você precisará de um terapêuta para ajudar você nesse
processo.
Não tente controlar o incontrolável. Muitas coisas na vida estão além do nosso
controle, especialmente o comportamento de outras pessoas. Ao enfrentar grandes
desafios tente encará-los como oportunidades de crescimento pessoal. Quando
aprendemos a lidar com as situações externas e fazemos disso um treinamento diário,
independente do que aconteça no exterior, o seu interior se manterá em paz e em
equilíbrio.

Por Márcia Eufrásio