Oz de Oliveira Colunista de Coluna das Crônicas

Quantos sonhos você já teve nesta vida ?…
Quantas vidas você acha que deveria ter até realizar seus sonhos? quantos sonhos você foi obrigado a matar ou quantas paixões você já teve nesta vida …

Eu tive muitas paixões nestes pequenos sonhos e grandes sonhos que ao longo da vida fui obrigado a deixar pelo caminho, amei muitas coisas e não foi amor foi pura paixão ou desejo teimosia egoísmo, sei lá, desejando não sofrer, foi que eu sofri, tanto assim descobri que a grande maioria dos meus amores foi pura vaidade nisto tudo descobri que é bom envelhecer hoje aos 37 anos, eu bem sei disto e descobri o racional da coisa a lição que deixa as paixão a descoberta do amor.

Certa vez eu fui me seduzido por um anúncio de uma loja onde estava escrito na entrada da loja em letras grandes a seguinte frase “entre e pegue o que você quiser…
Cheio de paixão la fui eu puro, engano talvez peguei muitas coisas coisas que talvez nunca iria eu usar na vida porém era grátis eu tinha que ter …ao sai da loja um senhor de baixa estatura me abordou e me disse onde vai com isto , isto é meu tem que pagar ; mostrei-lhe a placa onde dizia pegue o que quiser:

Ele me disse você quer ? Eu disse sim eu quero me perguntou novamente quer mesmo é eu disse quero já fale.
Em um tom de voz mais alto ele perguntou se eu realmente queria pela última vez respondi que sim!
Então ele disse se você quer mesmo tem que pagar ….

Moral da história tudo que realmente queremos temos que pagar o preço! temos que lutar correr atrás não basta apenas querer tem que se colocar se na posição não importa quantas vezes vamos fracassar vamos errar temos que prosseguir em uma época estúpida da história da humanidade não está na moda crer em Deus ou ser cristão; mais isto é o que as pessoas dizem porque não sabem o que dizem repetem o que os sábios asnos dizer por falta absoluta de que dizer.

Tenho muito orgulho de se tornar um velejador de ter um marreco um barco de 19 pés um barco a vela ele se chama Jerusalém quando adquiri o mesmo eu reformei todo pintei lixei e retirei o mastro da 8 metros do fundo do mar usando apenas o pulmão de um mergulhador que paguei-lhe a ele 100 reais na época não sabia, nem nadar sabia nada de náutica, porém não foi uma paixão foi um sonho.

Um amor deixei apenas de olhar o mar dei um passo a mais além me coloquei na posição tudo que tive e perdi não é nada comparado a que tenho hoje minhas paixões egoístas me fizeram ir a Lona comecei a dar valor as pequenas coisa meus amigos meus filhos meus compromissos meu caráter minha mãe Jerusalém tudo que sou devo a ela e claro meu pai a bordo do meu pequeno veleiro eu escrevi meu primeiro livro ao qual obtive sucesso tranquei meus ouvidos para todos aqueles que não acreditaram no meu sucesso na minha mudança dei valor a pessoa mais importante do mundo eu mesmo o grande lance da vida se da em estar preparado para qualquer coisa …

Quando eu perdi tudo é me vi completamente só identifiquei um grande e estúpido erro humano onde Boa parte das pessoas persistem e em repetir este grande erro te desejar o mal para que eles se sintam bem pura vaidade … Querer o meu não significa roubar o seu nunca sonhei ser marinheiro velejador escritor no fundo não sou nada disto sou um grande vendedor de sonhos um druida que descobriu um grande segredo que se consiste em uma frase um sentido um estilo de vida ” o meu egoísmo é tão egoísta que o alge de meu egoísmo é ajudar alguém ! acredite você também pode….

 

Por estes dias algo fez me transbordar de alegria um grande amigo meu o marceleza me disse oz conhecendo você chego a conclusão que você não é nem uma ficção.