O COLUNISTA: – Como você está linda! Estou te procurando! Não, não me
abandone outra vez..não…! – Acordou assustado.

O relógio tem o seu ponteiro marcando quatro horas da manhã. O sonho tem sido
constante, e por sinal, apavorante. A vida não tem sido a melhor para o Colunista. E
para voltar a dormir, nunca é simples. Sem sono, o jeito é se entregar ao bom
banho, e depois, ao lado de Sandra, tentar dormir.

MANHÃ SEGUINTE…
O COLUNISTA: – Eu te liguei, te deixei recado! Onde estavas? – Disse ainda com
sono.
SANDRA LOPES: – Trabalhando! – Guardando segredo, enquanto enxugava os
cabelos negros.
O COLUNISTA: – È mesmo? – Desconfiança.
SANDRA LOPES: – Sim, fiquei vendo as fotos para postar no site da Agência.
O COLUNISTA: – Hoje a noite, qual o compromisso? – Um convite ou colhendo
semente?
SANDRA LOPES: – Você está me convidando para jantar?
O COLUNISTA: – É o que parece, não?
SANDRA LOPES: – Está bem! Sorrindo.
O COLUNISTA: – Às vinte horas?
SANDRA LOPES: – Combinado.

A PUBLICAÇÃO DA COLUNA

A coluna já se encontrava no ar. E era necessário um novo foco, uma nova temática
para que os leitores pudessem ter interesse em ler. Então, após encontrar nos
arquivos do jornal sobre um fato histórico na França, era hora de se aprofundar no
assunto, isso, leva tempo, entretanto, a coluna do o colunista no Redação France,
somente vinha a ser as sextas-feiras.

O COLUNISTA: – Já tenho um novo tema! – Com a xícara de café na mão.
GUILHERME FLORES: – Tão rápido? Eu nem consigo finalizar a minha para
domingo! – Batendo no ombro do amigo.
O COLUNISTA: – Hoje vou jantar com Sandra.
GUILHERME FLORES: – Que avanço! Quantos anos mesmo, você não sai com
ela?

O COLUNISTA: – Queres rir na minha cara? Disse com o tom de brincadeira.
GUILHERME FLORES: – Como amigo seu, jamais perderei a chance de te soar!
Um pouco, né?

Uma nova chance, quem sabe a o tormento infernal não resolva sumir de vez. Caso
importe, no próximo capítulo, saberemos o início desse relacionamento, entre O
Colunista e Sandra.

Não percamos o enredo da história, não é mesmo?