A Comissão Intergestores Regional de Saúde (CIR), formada por secretários de saúde de todos os municípios do Alto Vale do Itajaí, decidiu ampliar o período de restrições de horários de estabelecimentos comerciais e medidas de distanciamento social por mais 14 dias, entre 27 de julho e 9 de agosto. A região do Alto Vale do Itajaí é considerada de risco grave para contaminação pela Covid.

Em Ibirama, no boletim divulgado na sexta-feira, 24, os números mostram que 72 pessoas já contraíram a Covid-19 no município, sendo que 30 pacientes estão recuperados, 39 estão sendo monitorados em domicílio e três estão hospitalizados. Ao todo, já foram aplicados 709 testes, sendo que 609 deram resultado negativo.

Quais as novidades da nova resolução?

A nova resolução proíbe a realização de cultos e cerimônias religiosas, com orientação de maior fiscalização de espaços públicos e maiores restrições para supermercados. “O município tem intensificado as ações de fiscalização com objetivo de inibir as aglomerações e a disseminação do vírus. É fundamental que todos tomem as devidas precauções, pois esta é uma responsabilidade de todos”, destacou a secretária de Saúde de Ibirama, Izabel Petersen.

A reunião da CIR que deliberou as novas medidas foi realizada na quinta-feira (23) e os secretários de Saúde levaram em conta o aumento do número de casos e a necessidade de implantação de mais leitos de UTI. Com base nisso a decisão é de que permanece proibido qualquer tipo de evento público, utilização de parques e clubes, atividades esportivas, entre outras restrições. Em locais públicos também segue obrigatório o uso de máscara.

Todos os estabelecimentos comerciais deverão controlar o acesso ao seu interior a fim de que seja permitida a circulação e permanência de, no máximo, 50% da capacidade total, além de adotar todas as medidas sanitárias preventivas já impostas, inclusive, barreiras físicas que facilitem o distanciamento seguro. Restaurantes e lanchonetes devem permanecer com horário reduzido de atendimento ao público no local até às 22h e depois disso apenas delivery ou retirada. Bares e pubs podem atender clientes no local até às 21h. 

Por Rafael José Beling