O Presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Moura, virá à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) no dia 28 de julho para conhecer laboratórios, fazer e ouvir relatos sobre as possibilidades de ampliar a cooperação científica entre as duas instituições. A partir das 9h, abrirão o encontro: o pró-reitor de Pesquisa,  Sebastião R. Soares; o diretor do Centro Tecnológico, Edson R. De Pieri; e o chefe do Departamento de Engenharia Mecânica, Sergio L. Gargioni. A organização da visita está a cargo de Monike Corleone, administradora do Centro de Convergência de Santa Catarina em Tecnologia Aeroespacial (SC2C.Aero).

A primeira apresentação será feita pelo coordenador do SC2C.Aero, Victor J. De Negri e seguida pela fala do presidente da Frente Parlamentar Mista para o Programa Espacial Brasileiro, Daniel Freitas, o qual esteve na UFSC mês passado junto ao Diretor de Política Espacial e Investimentos Estratégicos da AEB, Cristiano Augusto Trein, numa reunião promovida na Fundação CERTI e conduzida pelo professor Amir Antonio Martins Oliveira Jr, membro do Comitê Executivo do SC2C.Aero e docente do Departamento de Engenharia Mecânica.

 

Desta vez, o parlamentar volta com o colega da bancada catarinense, Carlos Chiodini, o diretor de Política Espacial e Investimentos Estratégicos da Agência Espacial Brasileira, Cristiano Augusto Trein, o diretor de Satélites, Aplicações e Desenvolvimento, Paulo Barros, e a assessora técnica, Cecília Parente, além do presidente da AEB.

 

Moura e comitiva vão interagir (virtualmente e no auditório da FEESC) também com o gerente de Desenvolvimento de Negócios da CERTI, Eduardo Rezende, e com representantes do Curso de Engenharia Aeroespacial da UFSC Joinville: professores Talita S. Possamai), do SpaceLab/Laboratório de Pesquisa em Sistemas Espaciais, Eduardo Bezerra, do Laboratório de Combustão e Engenharia de Sistemas Térmicos/Labcet, Amir A. M. Oliveira Jr., do LVA/ Laboratório de Vibrações e Acústica, Julio Cordioli, do LabTucal/Laboratório de Tubos de Calor do Lepten, Márcia Mantelli, do Laboratório de Robótica, Daniel Martins e do Laboratório de Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos, De Negri. Na parte da tarde, as autoridades se deslocam ao Sapiens Parque para ir ao Senai Sistemas Embarcados (ISI) e Laboratório-fábrica (LabFaber) da Fundação CERTI.