Câmara de Ensino e Graduação (CEG), do Conselho Universitário (Consuni), aprovou nesta terça-feira, 28, por unanimidade, com ajustes, o ad referendum do reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Dilmar Baretta, na Resolução nº 032/2020, que autorizou a retomada das aulas em 60 cursos de graduação de forma não presencial desde 22 de junho.

A sessão da câmara estará disponível em breve, no site vc.udesc.br. Com a aprovação na CEG, a matéria seguirá o rito regimental, ou seja, será deliberada na última instância, o Plenário do Consuni.

A formulação da Resolução nº 032/2020 resultou de ampla discussão com diretores de Ensino de Graduação e chefes de departamento de todas as unidades, além de representação estudantil, e seguiu recomendações do Ministério da Educação (MEC), sob liderança da Pró-Reitoria de Ensino (Proen).

Segundo o pró-reitor de Ensino da Udesc, Nério Amboni, a aprovação da resolução na CEG possibilita e legitima o retorno não presencial das aulas nos cursos de graduação.

Além disso, serve para disciplinar e orientar os diretores de Ensino de Graduação, chefes de departamento, coordenações de estágios e secretarias acadêmicas dos centros na condução das atividades de ensino.

“Representa também o primeiro degrau para o desenvolvimento de projetos pedagógicos de cursos com currículos híbridos, combinando o uso de tecnologias digitais com as interações presenciais. O ensino híbrido está enraizado em uma ideia de que não existe uma forma única de aprender e que a aprendizagem é um processo contínuo”, afirma Amboni.