Nathália é a amiga de Sandra a anos. Elas estudaram juntas no Ensino Médio e
depois na faculdade. Mas, enquanto Sandra se tornou Modelo, Nathália seguiu a
profissão de psicóloga. As duas tem fortes conexões, assim da mesma forma forma
com Marcelo.
SANDRA LOPES: – Eu gostaria de conversar com você!
NATHÁLIA SALLES: – Claro! Algo te preocupando?
SANDRA LOPES: – Tem sim.
NATHÁLIA SALLES: – Sua respiração acelerada eu sinto por telefone! Então, nos
encontraremos onde e que horas?
SANDRA LOPES: – Pode ser no meu apartamento dentro de uma hora?
NATHÁLIA SALLES: – Com certeza! Conte comigo!
SANDRA LOPES: – Obrigada!
NATHÁLIA SALLES: – Sempre estarei disponível.
SANDRA LOPES: – Eu sei, minha amiga!
Após desligar o celular, Sandra se direciona para o apartamente, a espera da
amiga. Por hora, a temática da nova coluna não vem a estar bem clara, e para o um
colunista, quanto mais certeira, melhor, pelo menos para o nosso colunista.
DEVANEIOS NA REDAÇÃO
O COLUNISTA: – Talvez eu deva procurar ajuda médica. Amália, quem é você, e
por qual motivos não deixas a minha razão em paz. – Disse consigo mesmo, antes
do susto.
Guilherme Flores, o amigo de redação e também colunista, o assusta somente ao
tocar no ombro de nosso personagem. Os dois fizeram a faculdade de jornalismo
juntos, não sei se por coincidência, mas vieram a se encontrar em Paris a cerca de
um ano atrás, trabalhando na mesma empresa.
GUILHERME FLORES: – O sonho de novo? Estou preocupado com você!
O COLUNISTA: – Eu e a Sandra tivemos a mais linda noite, contudo… – É
interrompido.
GUILHERME FLORES: – Contudo, ela não sai da sua cabeça, não é?
O COLUNISTA: – Sim, um inferno! – Chateado.
GUILHERME FLORES: – Não é hora de procurar alguém que possa te ajudar?
O COLUNISTA: – Você acha que eu deva ir ao médico?
GUILHERME FLORES: – Meu conselho…Sim!

APARTAMENTO, 10:33.
NATHÁLIA SALLES: – Cheguei! – Disse comprimentando Sandra.
SANDRA LOPES: – Que bom que está aqui! – Devolvendo os comprimentos.

As coisas vão esquentando a cada cena!