Oz de Oliveira Colunista de Coluna das Crônicas

Existem muitos animais que são muito mais gente que muitos homens, e homens que são muito mais bichos do que gente, porém eu chamo a atenção um detalhe a nessecidade de odiar alguém ou algo neste momento eu observo o quanto perigoso é o risco em que nos os viventes desta terra passamos.

o ódio é como que se fosse um enorme buraco negro que destrói tudo a sua volta destro amigos amores família orgulho ele por ele mesmo se auto destrói eu me vejo hoje um homem maduro porém reflito costantantemente sobre nessecidade humanas eu acho que quem não odeia é imperfeito, tem que saber odiar para poder amar uma coisa completa a outra minha vida foi muito loca nestes 38 anos de idade.

Que hoje eu completo porém eu amei muito e odiei pouco sofri muito mais por amor demorei muito tempo para aprender o sentido da palavra não demorei para dar valor ao meu grande amor a razão de estar aqui neste momento o eu mesmo demorei para a intender que eu não tenho nada a ver com as escolhas e decisões das outras pessoas eu largue tudo para fazer o que realmente eu gosto Suspendente da obrigação de agradar alguém te faço uma pergunta até quando.

você vai comer algo que não gosta só para agradar a pessoa que dorme com você ,por que vc esta sendo tão duro com você mesmo!