De acordo com o Delegado de Polícia Roney Péricles Gonçalves Alves, a prisão só foi possível após a troca de informações entre os policiais de Santa Catarina e do Distrito Federal. “A polícia descobriu, ainda, que a suposta autora tem passagens por crimes de tráfico de drogas, nas cidades de Foz do Iguaçu (PR) e Ponta Porã (MS)”, destacou. Após as devidas formalidades legais, ela foi encaminhada ao sistema prisional feminino, unidade de Itajaí, onde permanece à disposição da Justiça.