Oz de Oliveira Colunista de Coluna das Crônicas

Puro deboche anarquista de minhas próprias leis já me acostumei com o fracasso por eu sempre estar mudando de ideias e cancelando planos sou capaz de criar uma guerra para provar que estou certo quando falo da paz …

Tenho só um amigo o Deus ele me chama de mente fermentada todos os dias o Deus me pergunta o que vamos fazer hoje oz ? E eu todo otimista digo o meu plano Deus faz completamente ao contrário de que eu disse de certa forma me oprime colocou o diabo dentro de mim e chamou de livre arbítrio se eu falhar a culpa é minha mais tudo bem ele é o Deus…esta opressão me faz crescer hoje todo pobre grita aos quatro ventos o quanto ele é oprimido maldito pobre sua pobreza não não está no bolço Está na alma…

Se eu fosse deus não perdoaria á burrice vamos às urnas como se fossemos a como uma final um clássico tipo Corinthians é palmeiras repetimos gritos de guerra por que ouvimos alguém gritar aquele que gritou gritou porque está bebabado futebol…

Não se vê …brigas e propinas e tudo de ruim nesta isto sim nesta bagunça estamos atolados até o talo jeitinho brasileiro é o caralho não se faz revolução com borrachos é inguinorantes de informação, derrubar o governo é muito fácil e depois quem vai comandar há pátria o seu zé do butiquim só porque é amigo do bêbado que começou a balbúrdia de outro lado o general se caga de medo da morte mais fala em guerra todos os dias ou seja pimenta no rabo do povo é refresco.

Queridos revolução não se faz com borrachos e generais adestrados á revolução se faz na escola não com escopeta mais com caneta se as diretrizes da educação fossem aplicadas intenderia se que o voto é mais forte que a bala e quem muito fala corre o risco de dar bom dia ao cavalo e quem não se esforça para vencer assina diploma de burro nem de Vitória ou derrota eu falei nem de esquerda ou direita eu apenas traduzi um aí do meu povo um aí dolorido um cárcere de 519 um povo que não torce pro Corinthians ou palmeiras

…ah quanto tempo o Brasil não ganha eu sou este povo eu sou o Brasil sou mais um igual a você aqui lA de baixo mais juntos derrubaremos o aquele que está em cima que pisou no meu pai na minha mãe nos meus avós dos pais de meus avós e certamente pisara no seu filho esquessa os partidos o fanatismo pelo seu Club e pensem no amanhã

…hoje pode se igual amanhã…mais amanhã vai ser diferente de hoje já que o povo quer uma revolução que a revolução aconteça dentro de nós mesmo dentro da escola que nossos mestres Tenham liberdade em ensinar que a guerra não produz vencedores ou vencidos guerra contra a guerra só produz mais um filho para a guerra parece outopia mais vou continuar neste caminho em direção a paz há utopia me faz caminhar a outopia me faz acreditar oz de oliveira