Márcia Eufrásio, Colunista de Coluna Mente Saudável

Felicidade é um sentimento que o ser humano está sempre em busca. Quem não quer ser feliz durante a passagem aqui na Terra? Ter a sensação de bem
estar com euforia, otimismo e alegria nos renova.
Mas, sabemos que existe o imprevisível e diante de vários acontecimentos externos manter a sensação de paz dentro de você não é tarefa fácil.
Estar feliz impacta não somente no seu bem estar emocional, mas também na
sua saúde física.

Se você está se sentindo bem é mais fácil manter bons hábitos: fazer atividades físicas, manter uma dieta balanceada e dormir.
Existem também estudos que dizem que a genética desempenha um grande
papel no sentimento de felicidade. Pais mais positivos desempenham um papel
importante para que seu filho, na fase adulta possa ter uma vida mais feliz e
com mais qualidade emocional.

As vivências, o local em que passou a infância e a forma como as relações
sociais foram construídas contribui para a felicidade.
Diversos estudos indicam que a saúde emocional está profundamente ligada
ao bem estar físico. Pessoas felizes ficam menos doentes e se sentem mais
saudáveis.

O cérebro e a felicidade estão intimamente ligados por alguns hormônios,
conhecidos como hormônios da felicidade, como a serotonina, endorfina,
dopamina e oxitocina. O papel deles é produzir alegria, prazer e bem estar em
nossas atividades diárias.
Se você está procurando aumentar seu sentimento de felicidade tente técnicas
de atenção plena. Mindfulness significa estar presente e focado no momento
presente, livre de julgamentos, apenas observando. Pode ser utilizado em
qualquer lugar e a qualquer hora do dia.

A meditação também poderá ajudar você. Recomenda-se que a meditação seja
feita, de preferência sentado ou em uma posição confortável, e se possível, no
mesmo horário todos os dias.
Manter um diário de gratidão, tentar ver o lado positivo das situações
inesperadas e difíceis, ajudar outras pessoas, por exemplo, são atividades
que também estão associadas a sentimentos de bem-estar.
Não existe uma fórmula específica para que você se sinta mais feliz, mas há
vários caminhos. Conheça alguns:
 Exercite-se regularmente

 Tenha um hobby que de alegria.
 Cultive bons relacionamentos.
 Encontre tempo para estar ao lado de sua família.
 Mantenha uma rotina de meditação
 Seja grato por tudo que você já alcançou e tem.
 Não abra mão de sua vida social.
Como vimos, a felicidade impacta diretamente nossa saúde. Tudo dependerá
da maneira como você olha a vida. Use a lente da positividade: um copo meio
cheio é muito melhor do que um copo meio vazio!

Márcia Eufrásio