Isabela Toledo Colunista da Coluna de Educação

Admirável professor,

Hoje celebramos mais um dia de reconhecimento público pelo nosso trabalho! Alguns estão há mais tempo na caminhada, outro menos, outros iniciando. E desde que entramos em uma sala de aula, passamos a ser sonhadores. E sei que sonhar, desejar, almejar faz parte da vida de todos os professores.

Sonhamos com aulas perfeitas, incríveis, que inspiram nossos alunos a serem o que quiserem ser e com sucesso. Sonhamos com acesso ilimitado a todo tipo de recurso que possa enriquecer nosso trabalho, no momento que quisermos. Sonhamos com reconhecimento. Sonhamos com o aprendizado pleno, de todos os alunos. Sonhamos com turmas menores. Atualmente, sonhamos com alunos que tem bom acesso à internet e bons computadores. Queremos essas coisas! E sofremos quando vemos que não podemos fazer ou alcançar tudo que faz parte dos nossos sonhos.

Mas não paramos de sonhar! Queremos ser pessoas melhores! Queremos formar pessoas melhores para a sociedade! Queremos ser lembrados por nossos alunos como alguém que os ajudou a fazer as melhores escolhas. E pode acreditar! Isso acontece! Paulo Freire já dizia que “ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma, continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra.”

Hoje quero dar de presente a você três palavras: a primeira é gratidão, um sentimento que enche meu coração e o faz transbordar de orgulho e alegria quando o vejo realizando seu trabalho. Sim. Eu observo você. E o comparo ao maestro de uma orquestra. Você tem muitos conhecimentos e habilidades! Só assim dá conta de conduzir o processo de ensino e aprendizagem com tanta beleza e assertividade! Obrigada.

A segunda palavra é superação. Sua força é contagiante! Essa virtude traz respeito para os que convivem com você. Não desanime. Você não está sozinho! Acredite nisso e continue. Olhe para traz apenas para aprender com seus erros e contabilizar suas vitórias. Lembre-se: “Um passo à frente e você não está mais no mesmo lugar. ” (Chico Science)

A terceira palavra é sabedoria. E para falar sobre ela, pego emprestado um texto do profeta Daniel que diz: “Os mestres sábios, aqueles que ensinaram muitas pessoas a fazer o que é certo, brilharão como as estrelas do céu, com um brilho que nunca se apagará.” (Daniel 12:3)

Parabéns a você, grande inspirador de pessoas. Que você nunca desista de ensinar seus alunos a fazer o que é certo e que o céu se encha de estrelas que brilham e transformam o mundo.

A sua contribuição não pode ser medida com peso, volume ou valor financeiro. Mas a boa semente semeada certamente melhorará o mundo em alguma proporção.

Eu acredito em você! Obrigada por fazer parte da minha vida!

Semeia pela manhã a tua semente e à tarde não repouses a mão, porque não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas.” (Provérbios 11:6)

Grande abraço!