Oz de Oliveira Colunista de Coluna das Crônicas

Logo tão tudo parece ser normal ou racional ,os jornais e as mídias falam a verdade sobre que lhe interessa as escolas ensinam fórmulas cálculos fontes teorias as famílias se nutrem em diálogos formais e fotos sócias.

Me esforço pra ser à político mais dependo de uma assinatura uma aqui outra ali (…) e assim me mantenho livre sem o rabo preso com ninguém nesta tarde de domingo sai pra caminhar e observar pessoas me atrevo e perguntar oque estás faces pensam e fazem no seu dia adia um larga a empresa outro deixa o lar.

Nosso mundo e nossa geração está virada em em alpinistas sócias oque eu quero se limita eu uma foto uma cena o padrão humano está decadente no meu país é ano politico pandemico atômico frebriu tenho rações pra acreditar que neste tempo de mudanças nada vai mudar este pode ser nosso último carnaval o bicho que crita dentro da gente está vivo, ser gente é melhor que ser pessoa ser crítico é melhor de que ser escrevo.

Estamos quase a ponto de sermos riscados do mapa só por hoje pense em tudo que nunca ousou pensar quem é você quem sou eu oque queremos mais se não tiver nada pra pensar saia por aí apenas como em trenseute uma face ao vento um pensamento sem documento um momento mais se não tiver nada nada mesmo pra fazer …

Saia as ruas vamos discutir politica vamos ser críticos ao ponto de sermos escrevo vida torta ficamos a sorte esperança que cansa fiquei sem palavras …que Deus nos acuda