Oz de Oliveira Colunista de Coluna das Crônicas

Este mundo está mesmo uma bagunça, não se sabe, se é maldade ou sacanagem de alguém; estamos em plena pandemia em 2020, como outra que já tivemos me faz lembrar a pandemia de 1918.

A gripe espanhola que na verdade nasceu foi em São Francisco usa e se chamava enfluenza que matou muita gente inclusive um presidente brasileiro porém passou assim do nada

…E virou marcha de carnaval 1919 teve sim Carnaval e com marchinhas fúnebres mais teve …na ilha minha cidade vai tudo muito bem. O meu prefeito provou que é macho mesmo e corajoso a oposição não sabe onde colocar a cara

…Isto me fez pensar no fator surpresa joguei todas as minhas coécas velhas fora brincadeiras a parte hoje feriado dias das almas as praias estão lotadas as estradas também, porém não a agroneramento muita coisa está estranha tipo a vacina as coisas pelo mundo.

O nosso dinheiro desvalorizando está a baixo do peso argentino isto quer dizer não está valendo nada temo pelo minha saúde do meu país meus projetos em fim é um tempo difícil e triste a hora demora a passar. Tenho saudade de meus filhos tenho saudade do nordeste nunca estive lá mais sinto a saudade que está no ar rezo a Deus que nos te um tempo de paz que os caras que tem está vacina na gaveta pense em nossos filhos e prolongue este fim me nego a pensar que Deus está vendo tudo e não faz nada …mais uma coisa eu penso quando tudo isto.

Passar eu tenho um abraço apertado pra dar a muitos amigos meus …o futuro é inverto novidade sempre foi este marasmo não sou vidente mais passando está pandemia vira uma longa crise é tempo de pensar se fico ou se vou porém eu digo nunca deixa pra amanhã oque você pode fazer hoje!