O espírito do Natal,
É o amor a vida,
O respeito a dignidade,
O abraço dado ao semelhante.
É viver na paz e na harmonia,
Em doação verdadeira!
Saber que Cristo nasceu
Para nós trazer a alegria,
Em tempos de caminhos árduos.
Ele nos deu o seu coração,
Com palavras e atitudes.
A manjedoura de casa um,
Possa ser o lar de um menino,
Cujo pecado nós libertou.
Que viemos a compreender,
Que Deus é a luz revelada,
Um banho de flores perfumadas,
Embelezando quem somos.
Deixemos Jesus fazer poesia,
Na história nossa de cada dia,
Misturado ao seu encanto.
Busquemos mais que neste natal,
A alma de Cristo a santificar,
E encharcar nossos interiores,
Com o seu tão sublime sacramento.
A comunhão do corpo e do sangue,
A favor de todos os irmãos.