Um estudo realizado pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), através de sua Comissão de Estudos Epidemiológicos para Enfrentamento da COVID-19, indicou que Florianópolis tem a menor taxa de óbitos por covid-19 a cada 100 mil habitantes entre as Capitais Brasileiras. Já entre as cidades com mais de 300 mil habitantes, Florianópolis se destaca em 9º dentre as 95.

Em ofício enviado ao prefeito da Capital, Gean Loureiro, o órgão destaca que “pelos números observados, reconhecemos em sua cidade um ótimo resultado no enfrentamento à pandemia de COVID-19 no cenário nacional”.

Além da baixa mortalidade em relação ao restante do Brasil, Florianópolis também possui a menor letalidade, que é a relação entre infectados e mortes. A capital registra, até o momento, uma média 0,72 de óbitos para cada 100 infectados, ou seja, um índice de 0,72%. De acordo com o prefeito Gean Loureiro, as medidas pioneiras na cidade contribuíram para reduzir os danos da doença: “É impossível comemorar o resultado porque não se trata de uma competição, e as vidas que perdemos deixarão para sempre uma cicatriz na nossa história. Mas também devemos reconhecer o bom trabalho dos nossos técnicos da saúde que permitiram reduzir ao máximo essas perdas.”

A Capital é também a mais bem rankeada entre as cidades catarinenses. As outras duas cidades citadas no estudo, Joinville e Blumenau ficam em 15° lugar e 27° respectivamente. Atualmente, Florianópolis possui 307 mortes e mais de 42 mil casos já confirmados pela doença. A ocupação de leitos UTI na região está em 77,17%, segundo o Covidômetro Floripa.