Na noite da última quinta-feira 31/12 de 2020, por volta das 20h, um homem morre eletrocutado no canal da barra da lagoa no leste de Florianópolis.

A vítima foi identificada sem como Diogo Santana, de 41 anos. A vítima estava nadando no Canal da Barra da Lagoa, na Capital, quando se apoiou em uma cerca eletrizada e tomou um choque.

Ele foi secretário executivo da Secretaria Geral da Presidência da República, durante o governo de Dilma Rousseff (PT).