Após mais de oito horas de buscas, a Polícia Militar, efetuou a prisão de dois suspeitos de executarem dois homens e balearem um terceiro no balneário deCanasvieiras, em Florianópolis, na tarde desse domingo (3). A Polícia Militar foi acionada por volta das 12:30h para atender a ocorrência na rua Vasco de Oliveira Gondin. As armas também foram apreendidas.

Ao chegar no local, os policiais militares identificaram um veículo branco estacionado com diversas marcas de disparos de arma de fogo. Dentro do carro, dois homens já estavam mortos e um terceiro baleado com vida. O helicóptero Águia da PMSC foi acionado para socorrer a vítima, que foi conduzida para o Hospital Celso Ramos em Florianópolis.

Após isolar o local para a perícia, iniciou-se a busca de informações para captura dos criminosos. Um veículo utilizado na fuga foi identificado, bem como dois homens que teriam efetuado os disparos. Em menos de duas horas, os policiais militares encontraram o veículo usado na fuga. Um outro carro branco, com placas clonadas, que havia sido roubado em 29 de dezembro. Dentro do carro havia munições e um coldre. Toda a área foi preservada para a atuação da perícia.

Em seguida, os policiais militares seguiram em buscas nas proximidades onde estava o carro dos criminosos e localizaram, em área de mato, duas pistolas austríacas importadas, calibre 9mm. As buscas seguiram, até que as 19h a PM conseguiu a informação que os suspeitos estavam deslocando na SC 401, sentido centro. Os homens foram abordados e conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil, que após diligências conseguiu identificar ambos como os suspeitos da execução no início da tarde.

As vítimas e o terceiro alvejado são naturais do Rio Grande do Sul. Dois estavam em progressão de regime (aberto), com passagens pelo sistema prisional gaúcho. Os dois presos, um de 26 e outros de 22 anos, também tem passagem policiais no RS, um por tráfico de drogas e roubo, o outro por homicídio e tráfico de drogas.