Os prefeitos das cinco maiores cidades da Grande Florianópolis se reuniram nesta terça-feira, 5 de janeiro, para discutir medidas em conjunto na região. Com exceção de Gean, de Florianópolis, os demais, de São José, Palhoça, Biguaçu e Santo Amaro iniciaram o mandato nesta semana. Entre os temas: vacinação, medidas em conjunto contra a Covid, segurança pública, mobilidade, educação, saneamento e turismo regional.

A reunião aconteceu na Prefeitura da Capital e uma das propostas foi a criação de pontos únicos de vacinação contra a Covid, quando chegar a vacina. “Temos locais como o Terminal Central que recebem pessoas de todas as cidades da região. Podemos otimizar essa logística, afinal não temos barreiras físicas entre as cidades e só alcançaremos sucesso unidos”, explicou o prefeito Gean.

Os protocolos de combate à COVID-19 devem seguir os mesmos que já vinham vigorando nos meses anteriores em conjunto com o Governo do Estado. Atualmente, a região possui uma ocupação de UTI em 74%, uma diminuição em relação ao mês de dezembro, quando chegou a 97%.

A retomada econômica da região também entrou no foco da discussão e deve unir secretários municipais para estratégias em comum, como o turismo regional, desburocratização e estímulo aos setores que empreendem na região, ou que podem migrar para a Grande Florianópolis e gerar novos empregos.

Os prefeitos devem convocar reuniões setorizadas com as equipes para as próximas semanas, com a Associação da Grande Florianópolis, que reúne as 22 prefeituras da região, e com a Superintendência de Desenvolvimento da Região da Grande Florianópolis, órgão do Governo Estadual.