Na noite desse sábado (23), por volta das 19h45, policiais militares rodoviários que trabalham no posto de pedágio da SC-401, em Florianópolis, foram surpreendidos por um homem corria em direção a eles pedindo socorro.

Ele parou em frente ao pedágio e gritou por ajuda. Ao abrir as portas do veículo, os policiais se depararam com uma gestante deitada no banco traseiro em trabalho de parto.

Policia Militar rodoviária na SC-401 em Florianópolis

De acordo com o policial militar rodoviário que atendeu a ocorrência, João Eduardo Pereira Cavallazzi, o bebê estava com dificuldade para nascer.

“Ele estava com os pés de fora e parecia estar travado. Como o serviço de emergência ainda não tinha chegado, ajudei a puxar o bebê e aí rapidamente ele nasceu, mas não respirava”, conta.

O bebê nasceu na posição pélvica, posição contrária ao habitual, casos em que geralmente se opta pela cesárea.
Como o bebê não respirava, o policial limpou suas vias aéreas e boca e deu pequenos tapas nas costas.

“Quando deu os tapinhas, ele começou a chorar, aí já entreguei ele à mãe” conta.

Após o parto realizado, o SAMU chegou e realizou os primeiros procedimentos encaminhando a gestante e o bebê para a maternidade Carmela Dutra na Capital.

Por Aline Rebequi de Florianópolis