Começou o serviço gratuito de transporte para vacinação de idosos que não têm veículo próprio. Com capacidade de atender até 200 pessoas por dia, no primeiro dia de transporte 70 idosos se utilizaram do serviço de táxi ou motorista de aplicativo para terem acesso a drive-thrus de vacinação em Fortaleza.

Quem inaugurou o serviço foi o casal formado por Francisco Cândido, 83, e Teresa Cândido Queiroz, 82, que foram buscados em casa e levados para vacinação no Centro de Eventos, depois retornando para a residência deles. “Temos realizado todos os esforços para acelerar esse processo de imunização dos grupos prioritários, e esse serviço gratuito é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, o Governo do Ceará, a Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Ceará (Fecomércio) e a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL)”, ressaltou o governador Camilo Santana.

Os idosos podem agendar o atendimento através de uma central telefônica ligando para o número 156. De princípio serão atendidos idosos a partir de 80 anos cadastrados na plataforma Vacine Já.

O serviço gratuito é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, o Governo do Ceará, a Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Ceará (Fecomércio) e a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

“Eu estou muito emocionada por estar chegando aqui para me vacinar com esse serviço, e pedir para que chegue logo a segunda dose para dar tudo certo, estou muito feliz pela ocasião”, agradeceu a aposentada Tereza. “De casa para a vacinação, e depois para casa de volta, tudo muito rápido e prático”, disse Francisco.

No total serão disponibilizados 200 veículos (sendo 100 taxistas e 100 motoristas de aplicativos de mobilidade), e todos os condutores foram submetidos a exames, a fim de garantir que não estão infectados. A seleção dos motoristas foi feita respectivamente pelo Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi) e Associação dos Motoristas de aplicativos do Estado do Ceará (Amap).

Para o motorista de aplicativo, André Ramos, ser escolhido para tal serviço é um reconhecimento do bom serviço prestado e uma valorização da categoria. “A esperança define o meu sentimento, além disso ficamos muito felizes de estar aqui para servir à população num momento histórico que nosso país está vivendo”, exaltou o motorista.

Central telefônica e apoio da AMC

No ato da solicitação do serviço, o idoso informará o CPF e o atendente verificará se já existe o cadastro, para, em seguida, confirmar o agendamento da vacinação, prevendo o envio do transporte. A central telefônica contará com até 20 operadores, que atenderão às chamadas das 7h às 19h, dedicados exclusivamente à vacinação contra a Covid-19.

A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) auxiliará na definição das rotas, considerando o endereço dos idosos cadastrados e o Drive de Vacinação mais próximo. Cada veículo poderá realizar até 10 viagens a cada dia. O transporte de idosos ocorrerá preferencialmente à tarde, a partir das 12 horas. Após avaliação do serviço, o horário poderá ser ampliado.

Serviço

Transporte para vacinação de idosos
Agendamento na Central Telefônica pelo número 156, das 7h às 19h
Serão beneficiados, inicialmente, idosos a partir de 80 anos já cadastrados na plataforma Vacine Já e que não têm veículo próprio