Na manhã de quarta-feira, 17/02, por volta das 11h, foi registrada na Praia da Ponta do Papagaio, em Palhoça na grande Florianópolis, dois homens que caíram no mar com um Paramotor.

A modalidade, que é considerada uma adaptação do Parapente, utiliza um motor, que vai localizado nas costas do praticante, para então gerando velocidade suficiente para o equipamento decolar, usando o vento.

Na ocasião desta ocorrência as vítimas acabam perdendo o controle do equipamento e caíram no mar, quando foram auxiliados pelo Bombeiros no resgate dos praticantes e também do equipamento.

Esta ocorrência não foi um caso isolado neste verão. Nesta temporada foram registradas pelo menos mais duas envolvendo esta modalidade, sendo que em uma ocasião os praticantes caíram em vegetação de restinga, próximo a faixa de areia, e em outra, inclusive, foi atingido um guarda-sol de um banhista que estava na praia, por pouco não causando mais danos ou lesões às pessoas que ali estavam.

A prática de Paramotor tem sido bastante frequente nesta temporada nas praias de da região do 10º Batalhão de Bombeiros Militar – com sede em São José, porém exaltamos que esta modalidade necessita de um local mais adequado para a prática, uma vez que o ambiente de praia é bastante frequentado e concentra grande número de pessoas, o que pode trazer transtornos aos banhistas e ainda causar acidentes.