A nova secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, cumpriu a primeira agenda de trabalho ao lado da governadora Daniela Reinehr, nesta quinta-feira, 1º de abril. Elas foram até a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), em São José, na Grande Florianópolis e conferiram de perto as doses de vacinas que chegaram nesta quinta-feira ao estado. São mais de 300 mil doses que fazem parte da maior remessa já enviada pelo Ministério da Saúde a Santa Catarina. Após a vistoria, Daniela Reinehr e Carmen Zanotto concederam entrevista à imprensa.

A distribuição das vacinas o quanto antes para os municípios, assim como o empenho em busca de mais doses para Santa Catarina é apontada tanto pela governadora Daniela Reinehr, como pela secretária de Estado da Saúde como uma das principais estratégias de combate à pandemia.

“Nosso foco é preservar a vida, vacinar mais rápido, sem abrir mão dos protocolos de prevenção e do atendimento imediato, logo aos primeiros sintomas, respeitando a autonomia dos médicos. Além da Covid-19, há que se cuidar do todo, com muita união, para minimizar o sofrimento das pessoas diante dos impactos da pandemia em outros setores”, salienta Reinehr.

Na mesma linha, Carmen Zanotto afirmou que vacinação, prevenção e unidade são fundamentais na luta contra o novo coronavírus. A secretária reforçou o compromisso com gestão técnica para definir as próximas etapas de trabalho no comando da Saúde estadual. “Aceitei o convite para esta missão em Santa Catarina porque estou preparada para ajudar. Este é o pior momento da pandemia e todos devemos nos apropriar do sentimento de ajuda coletiva, de nos cuidarmos, de cuidarmos de quem amamos. Este é o primeiro passo para que possamos preservar vidas e colhermos bons resultados no futuro”, afirma Zanotto.

O superintendente do Ministério da Saúde de Santa Catarina, Rogério Ribeiro e o superintendente de vigilância em saúde de SC, Eduardo Macário, acompanharam a agenda de trabalho. O Governo do Estado define ainda nesta quinta-feira, os critérios de distribuição das novas doses que chegaram.

Estado recebeu nesta quinta, 1, o maior lote de vacinas contra a Covid-19 com 309 mil doses

A nova remessa com 309.050 doses da vacina contra a Covid-19 chegou ao aeroporto de Florianópolis nesta quinta, 1º de abril, às 10h25. Este foi o maior lote de vacinas já recebido pelo estado desde o início da Campanha de Vacinação. Deste total, 18.250 doses são da vacina Oxford/Astrazeneca e 290.800 da vacina Sinovac/Butantan.
A maior parte das doses será utilizada para aplicação da dose (D2), conforme recomendação do Ministério da Saúde (MS).

Depois de descarregadas, as doses foram encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), em São José, onde foram recepcionadas pela equipe técnica que é responsável por realizar a conferência das doses e organizar a logística de distribuição para as 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES) das Regionais de Saúde de Santa Catarina.

Com mais essa remessa, Santa Catarina soma um total de 1.328.040 doses recebidas. As doses foram encaminhadas pelo Ministério da Saúde (MS) ao estado.