Os governos dos EUA, Reino Unido e Noruega aproveitaram a Cúpula Climática para lançar uma nova coalizão com o objetivo de oferecer financiamento para projetos de combate ao desmatamento e conservação florestal. A Coalizão Leaf (Lowering Emissions by Accelerating Forest Finance) pretende mobilizar ao menos US$ 1 bilhão em recursos públicos e privados, que serão utilizados para o pagamento de países ou governos locais por resultados em termos de redução de desmatamento – a mesma lógica que fundamentou por uma década o Fundo Amazônia no Brasil. Participam da iniciativa gigantes como a Amazon, Nestlé, Bayer e Unilever, entre outras.

Os resultados de cada projeto financiado serão auditados por uma organização independente, com padrões rigorosos. As propostas, que poderão ser apresentadas por órgãos nacionais e subnacionais, devem ser submetidas até o mês de julho, para que o contrato seja assinado antes do final do ano. Como explicou o Valor, o pagamento será feito de acordo com o desempenho em contenção e redução de desmatamento nos próximos cinco anos (2022-2026), em termos de emissões de carbono evitadas. A Folha e o NY Times também destacaram a iniciativa.