A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é a quarta melhor universidade federal do país, de acordo com o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC), divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) nesta sexta-feira, 23 de abril. Considerando-se todas as universidades brasileiras, a UFSC ocupa a quinta colocação. A pontuação de seu IGC contínuo é de 4,14 – em uma escala que vai de um a cinco. Isso a coloca como uma das 15 universidades brasileiras – todas públicas – a atingir a faixa 5 do IGC.

“Os indicadores revelados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) – que alcançam graduação, mestrados e doutorados – confirmam o protagonismo e a relevância da UFSC e das Universidades Públicas brasileiras. Por mais que haja tentativas de nos desqualificar, basta a utilização de critérios objetivos para demonstrar que a ciência, o conhecimento de qualidade e a formação de uma sociedade equilibrada e responsável passam pelas instituições federais e, mais uma vez, a UFSC é uma das universidades líderes. Estamos muito orgulhosos disso”, afirma o reitor Ubaldo Cesar Balthazar.

Os dados são referentes ao ano de 2019. As quatro primeiras colocações são ocupadas, respectivamente, pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pelas universidades federais de Minas Gerais (UFMG), do Rio Grande do Sul (UFRGS) e de São Paulo (Unifesp).

Avaliação

O IGC é um indicador de qualidade que avalia as Instituições de Educação Superior. Seu cálculo considera a média dos Conceitos Preliminares de Curso (CPC) da graduação e das avaliações dos programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) realizadas pela Capes, além da distribuição dos estudantes entre as diferentes etapas de ensino superior. 

O Inep destaca que os resultados da edição de 2019 foram calculados somente em 2021 em função de uma nova coleta de dados relacionada aos programas de pós-graduação. 2.070 instituições públicas e privadas foram avaliadas nesta edição.