Qme tomam como a força dos ventos e, me leva a insistentemente a repousar. Aventuro-me nas profundezas do mar, sem ter o contato com ás águas. É uma experiência única e reveladora. Parece que sou guiado por minha alma.Quando entrelaças em mim, me envolves de pureza, mesmo eu não sendo puro, mas sim, imperfeito demasiado. Contudo, vens construindo uma paz interior, cuja iluminação traça o destino da inspiração, no qual as palavras

Sinto meus sentidos aflorarem, porém, na vida real, meus pés não pisam no chão. Eles flutuam em direção ao belo, e a natureza se encarrega de mostrar o que existe de bondade. O silêncio convence minha alma a chegar perto das musas. As musas são anjos, dos quais tem a sua funcionalidade. Assim vejo, no Mundo Poético, o fenômeno se formando, na intensidade da luz. Este fenômeno é tênue, conseguindo mexer com os meus movimentos.

Embora eu não pudesse explicar sobre tal explosão de energia, tento considerar o fato da verdade. A verdade nunca me é dita, mas a provo em minha amada poesia. Nessa circunstancia, os anjos me consome até o último minuto de contemplação. Temos a Musa do silêncio, da iluminação, inspiração e da morte. As quatros me presenteia de modo deferente. Isso é uma lógica, que deixarei para a próxima carta.

Gostaria de alcançar o estado de metainspiração. O grau mais elevado da meditação. Sei ser difícil viver esse ramalhete de sentimentos, entretanto, as oportunidades não faltam. Só que a concentração ainda me é tão distante. Poucos minutos basta para eu à poesia se conectar de maneira plena, na certeza de nossos olhares. Busco em minha necessidade, a tranquilidade, transformando tudo o que sou. Uma evolução sem medidas.

Desta forma, meu espírito não se perderá! Não se perdendo, eu e a poesia, razão do meu cantar, feita pelo Poeta Maior que me deu a respiração, continuará a se perpetuar na caminhada a um mundo rico em cores. Pode ser uma memorável utopia, ou até mesmo criação de quem quer ser feliz ao deixar o corpo não mais existir, partindo para uma dimensão fora da realidade. Verdadeiramente acredito, na possibilidade, de ser bem mais do que simples matéria.

Apoie O Portal Folha de Florianópolis, fazendo uma Doação de qualquer valor. Dados para doação é (Banco do Brasil – Agência 1453-2, Conta-poupança 23.516-4).