A juíza Janaína Cassol Machado, da 1ª Vara da Justiça Federal em Florianópolis, proferiu da última sexta-feira (7/5/2021) à noite decisões no âmbito das operações Alcatraz e Hemorragia, que mantêm medidas cautelares diversas da prisão contra o deputado estadual Julio Cesar Garcia, da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc).

“Que recebe as notícia no WhatsApp? entre no grupo AQUI

Entre as medidas, estão o uso de tornozeleira eletrônica, a proibição de contato com pessoas envolvidas nas investigações e o recolhimento noturno em residência, no período das 23 às 6 horas.

A decisão negou pedido da Alesc, que requereu a suspensão das medidas, em função de resolução do Parlamento que havia revogado as prisões preventivas do deputado decretadas nas duas operações.

A magistrada aceitou apenas a revogação da medida cautelar de suspensão do mandato eletivo, mantendo as demais.

Segundo a juíza, existem precedentes judiciais que “autorizam cautelares em relação a parlamentares federais e estaduais sem submissão da decisão à respectiva Casa Legislativa”.

As informações foram divulgadas com autorização do Juízo.

Apoie O Portal Folha de Florianópolis, fazendo uma Doação de qualquer valor. Dados para doação é (Banco do Brasil – Agência 1453-2, Conta-poupança 23.516-4).

*Ta Gostando das noticias? convite outras pessoas para ler; as notícias do Portal Folha de Florianópolis. Apresente o endereço “www.folhadeflorianopolis.com.br”, nos ajude alcança mas leitores.