A pandemia de Covid-19 modificou muitas coisas em todo o mundo no último ano. Dentre todos os desafios, alguns processos foram acelerados, como a possibilidade de trabalhar de forma remota em casa, o famoso Home Office. Dentre estas novas oportunidades, um estilo ganhou ainda mais adeptos: o nomadismo digital, que é um estilo de vida em que pessoas viajam pelo mundo sem abdicar da carreira, já que seus trabalhos podem ser feitos de forma remota.

“Que recebe as notícias no WhatsApp? entre no grupo AQUI

Enquanto para muitas pessoas este formato de trabalho ainda é novidade, para um casal de Florianópolis, o nomadismo digital já é vivido desde 2017. Depois de passar por países como Portugal, Espanha, Itália e Holanda, antes mesmo da Pandemia, agora é hora de desbravar o Brasil.

A jornalista Any Figueira, de 27 anos, e o publicitário Guilherme Dalpasquale, de 32, embarcam neste novo projeto em junho de 2021 com um primeiro destino: o Nordeste. “A ideia de morar um tempo no Nordeste surgiu um pouco antes da pandemia, afinal já éramos apaixonados por esta região do Brasil. Agora, é hora deste desejo virar realidade, mas não queremos apenas viajar para conhecer, queremos ter uma rotina e viver a região”, lembra Any.

A ideia do casal, sócios em uma agência de publicidade que já nasceu inspirada no nomadismo digital e sempre trabalhou de forma remota, é começar pelos nove estados do Nordeste, passando da Bahia ao Maranhão, até o final de 2021. “Diferente de outras viagens que fizemos, nesta não vamos apenas ‘turistar’, nós vamos morar em diferentes cidades, vivendo o cotidiano local no dia a dia, indo no mercado, na feira, trocando ideia com os vizinhos, mas claro, sempre com muita segurança, afinal, ainda estamos em pandemia”, acrescenta Guilherme.

Histórias são contadas em canal no YouTube

As histórias vivenciadas durante as viagens do casal desde que começou a trabalhar neste modelo, inspiraram a criação de um canal de conteúdo. Em 2019 nasceu o Like a Nomad BR, que mostra os destinos por onde eles passam sob um olhar pessoal. “A nossa forma de conhecer os lugares é diferente. Buscamos ouvir histórias de moradores, conviver com eles e, então, mostrar aquilo que foge do ‘normal’. Com este nosso novo projeto, que nomeamos de Made in Nordeste, isto ganhará ainda mais força”, acrescenta Guilherme.

Any e Guilherme partem de Floripa no dia 2 de junho e já tem um lugar que será sua casa nas primeiras semanas: a Península de Maraú, na Bahia. “Já estamos nos preparativos finais, desocupando a casa onde moramos na Lagoa da Conceição para partir. Como este nosso projeto será feito de carro, estamos prevendo que a viagem até o primeiro local dure cerca de três dias”, aponta Any.

Eles devem permanecer 28 dias na cidade de Maraú. “Depois, não sabemos qual será o segundo destino. Por estarmos de carro, a ideia é descobrir novas cidades pelo caminho, fugindo do turismo tradicional”, soma a jornalista.

Acompanhe o casal

No Instagram e Youtube, o casal vai abordar temas como: nomadismo digital, lugares paradisíacos, cultura, turismo sustentável, gastronomia e surf. “Serão muitas descobertas para nós mesmos, e claro, produziremos muito conteúdo para inspirar outras pessoas, não só a conhecerem o Brasil, mas também para entenderem mais sobre o modelo de trabalho remoto”, conclui Any.

Saiba mais sobre Nomadismo Digital na visão do casal neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=P0Gs8JWRP7w

Siga o Like a Nomad BR no Instagram e acompanhe o projeto: https://instagram.com/likeanomadbr

Confira o canal do YouTube: https://youtube.com/likeanomadbr

Any e Guilherme são conscientes de que o Brasil ainda vive dias difíceis de pandemia, buscam seguir todos os cuidados de distanciamento, utilização de máscara e torcem para que logo toda a população esteja vacinada.

*Colaboração do Jornalista Matheus Reis

Ajude! O Portal Folha de Florianópolis, fazendo uma Doação de qualquer valor. Dados para doação é (Banco do Brasil – Agência 1453-2, Conta-poupança 23.516-4).

*Tá gostando das noticias? convite outras pessoas para ler; as notícias do Portal Folha de Florianópolis. Apresente o endereço “www.folhadeflorianopolis.com.br”, nos ajude alcança mas leitores.