O governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, nomeou nesta segunda-feira (14/6) Sandro José Neis para o cargo de 92º desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Neis foi o mais votado na sessão do Tribunal Pleno que decidiu a lista tríplice de procuradores do Ministério Público para ocupar a vaga do quinto constitucional, aberta após o pedido de exoneração do desembargador Ronei Danielli, coube ao chefe do Poder Executivo Estadual escolher o novo membro da Corte catarinense.

Natural de Florianópolis, Sandro José Neis formou-se em Direito na Universidade do Vale do Itajaí (Univali). Ingressou no Ministério Público de Santa Catarina em outubro de 1992. Foi coordenador dos Centros de Apoio Operacional da Cidadania e da Moralidade Administrativa, de abril de 1999 até abril de 2000; ocupou o cargo de secretário da Corregedoria-Geral do MPSC, de abril de 2000 a abril de 2003; foi assessor do procurador-geral de Justiça, de abril de 2003 a abril de 2004, e secretário-geral do MPSC, de abril de 2004 a abril de 2007.

Foi conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), de julho de 2007 a julho de 2009, e atuou como Corregedor Nacional do MP, de agosto de 2009 a agosto de 2011. Presidiu o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG) entre 2017 e 2018 e exerceu o cargo de Procurador-Geral de Justiça entre 2015 e 2019.