Para verificar a regularidade dos documentos fiscais emitidos pelos prestadores de serviços do Município de São José na região metropolitana da grande Florianópolis , a Secretaria de Receita realizou duas operações fiscais nos meses de maio e junho. Os agentes de fiscalização tributária de São José têm trabalhado para detectar situações de irregularidade que possam sinalizar sonegação de tributos e práticas de concorrência desleal.

A primeira ação constatou a emissão de documentos fiscais do Município de São José por empresas estabelecidas em local diverso. Foram lavrados 88 autos de infração, totalizando R$ 12.283.860,96.

A segunda ação realizada verificou a situação de serviços na qual houve retenção do imposto por parte dos tomadores, mas sem o devido recolhimento aos cofres públicos.

Além da ausência de pagamento, identificou-se erro nas informações prestadas nos documentos fiscais. Foram emitidas 1.030 notificações de lançamento, totalizando R$ 7.341.979,30 em imposto sobre serviços (ISS) declarados e não recolhidos, além de R$ 11.281.299,84 em multa, estando em fase de análise de recurso.

O Portal Folha de Florianópolis informar que as notícias diárias podem para por um tempo, porque não temos patrocinador e recursos financeiro, faça sua Doação.