Dona Roseli, sempre morou no Bairro Armação do Pântano do sul em Florianópolis, e, hoje trás uma das histórias vividas de quando ainda era pequena. Ela vai conta pra gente, um pouquinho desta história Nesse pedacinho de terra, perdido no mar!. Vamos lá!

.

Minha mãe Dona Diquinha e minha irmã Vanda Oliveira eram as costureiras mais famosas da Armação do Pântano do Sul, Florianópolis, Santa Catarina .

Eu era criança e presenciava quando chegava o período das festas das padroeiras das igrejas , das festas religiosas, quando os mais belos cortes de tecidos, acompanhados das revistas manequim para confeccionar os vestidos que seriam usados nas festas por essas moças.

Só com um detalhe, o vestido só era visto no dia da festa. Lembro que minha mãe e minha irmã marcavam a hora das provas, dos vestidos e na troca de cada prova não podia ficar nem um fiapo de linha, pois nem a cor podia ser descoberta antes do dia das festa.

As moças antigamente tinham sua renda financeira fazendo renda de bilro, que eram compradas pela Dona Marta Duarte, muito depois começaram a bordar para a tão famosa fábrica de bordados Hoepcke.

Lembro tão bem na minha infância, minha irmã Vanda fazendo os lindos bordados em varicor nos casaquinhos de bebê, para fábrica ORAN. Conta ela que as linhas vinham da Ilha da Madeira.

Mas voltando a costura, o dia da festa era lindo de se ver, dos mais variados modelos e cores eram os vestidos. Iamos sempre a pé para o Pântano do Sul, de chinelo de dedo com os sapatos num saquinho plástico, para não sujar e tudo estar perfeito para a festa.

Dançavamos no Salāo do Bar do Arantes com o som da guitarra do Alcindino, também tinha bailes na Casa do seu Milton pequeno. Geralmente os bailes eram nas salas das casas.

Como tenho saudades dessa época, boas lembranças e recordações da minha infância e juventude!

Por Roseli Pereira
Professora e pesquisadora
Moradora da Armação do Pântano do Sul em Florianópolis

“Se você tem algumas história para conta neste espaço, entre em contato com a gente!”

O Portal Folha de Florianópolis. Informar que as notícias diárias podem para por um tempo, porque não temos patrocinador e recursos financeiro, faça sua Doação.