Nesta quarta-feira (28), é comemorado o Dia Mundial Contra as Hepatites Virais, é importante a conscientiza a população sobre as medidas preventivas que devem ser tomadas para evitar o contágio das doenças.

A hepatite é caracterizada por uma inflamação no fígado e possui cinco principais tipos, contraídos de formas distintas. O contato com água e alimentos contaminados podem ocasionar as hepatites A e E; sangue e agulhas contaminadas, como também relações sexuais desprotegidas transmitem as hepatites C, B e D; A transmissão das hepatites B e C também podem ocorrer na gravidez e durante o parto. A prática de sexo oral-anal desprotegido também tem sido associada a transmissão da hepatite A em algumas regiões do Brasil e Europa.

Os testes para a doença são disponibilizados nos Centros de Saúde. Além disso, há vacinas contra as hepatites A e B (que também previne o contágio da D) e estão no calendário de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS). A vacinação para hepatite B está indicada para toda a população, já a para hepatite A para determinadas pessoas. A população pode procurar a sua equipe de Saúde para tirar dúvidas e receber orientações. Todos os contatos estão disponíveis por meio do link: https://sus.floripa.br/centrosdesaude/.

Não compartilhar objetos como seringas, agulhas, lâminas de barbear e outros que possam possibilitar o contágio por meio do sangue e utilizar preservativo durante relações sexuais são outros métodos recomendáveis para não contrair a infecção para as hepatite B, C e D