Variante Delta na capital catarinense em Florianópolis: Recentemente um caso de uma pessoa infectada com a variante Delta do novo Coronavírus foi identificada em Florianópolis. Com o diagnóstico, a Secretaria de Saúde, reforça a importância do esquema vacinal completo e do respeito às medidas sanitárias para conter o avanço da infecção.

A variante é altamente contagiosa, e já está causando novos surtos em alguns países, principalmente entre pessoas não vacinadas. Nos EUA, por exemplo, medidas restritivas precisaram ser impostas novamente para população pelo aparecimento de muitos casos da variante.

Em Florianópolis a adesão à vacinação tem sido muito positiva, mas o esquema vacinal completo ainda é indispensável, além do respeito as medidas sanitárias vigentes. A Secretaria de Saúde reforça algumas medidas para auxiliar a não propagação do vírus:

  • Vacinação, quando na faixa etária indicada dando ênfase ao esquema vacinal completo. A vacinação garante a chamada “imunidade de rebanho”, portanto é importante que TODOS se vacinem, seguindo a logística divulgada.
  • Uso de máscaras. Florianópolis foi uma das primeiras cidades do País a adotar o uso de máscaras e é momento de reforçar o seu uso, seja em ambientes fechados ou abertos.
  • Limitar o número de pessoas que se convive. Limitar o número de pessoas em seu ciclo de convivência fará com que, caso positivado, você não afaste muitas pessoas do seu trabalho, da economia e de outras atividades.
  • Lavagem de mãos e uso de álcool gel. A lavagem de mãos e uso de álcool é indispensável para eliminar partículas do vírus que podem ser levadas até o nariz, olhos ou boca. A higienização deve ser contínua.