A Capital dos catarinenses já vacinou 95% das pessoas com 18 anos ou mais na cidade, com pelo menos uma dose. O dado aponta boa adesão por parte da população para a vacinação contra o novo Coronavírus. Por trás dos números há inúmeras histórias de profissionais de Saúde dedicados, não apenas desde o começo da pandemia, mas em todo período de atuação.

Cleusa Márcia Vieira, é enfermeira e atua há 13 anos na rede municipal de saúde de Florianópolis, e tem 31 anos de formação em enfermagem. A profissional está trabalhando diretamente na campanha de imunização contra o novo Coronavírus, e vê na vacinação prazer e esperança. Cleusa atua vacinando no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, ponto com grande movimento em dias de vacinação.

“Nesse momento de pandemia, trabalhar com a vacinação é muito prazeroso, pois estamos frente à possibilidade de levar esperança de uma vida melhor e saúde para a humanidade”, comenta Cleusa animada e emocionada ao ser questionada sobre o processo de vacinação.

No Centro de Saúde de Balneário, a enfermeira Raquel de Siqueira trabalha diariamente para o cuidado da população. Raquel atua há nove anos na rede municipal de saúde de Florianópois, e está diretamente envolvida com o processo de vacinação na parte Continental de Florianópolis. Ela relata que este é um grande momento para sua vida e já vacinou seu pai e marido durante a campanha.

“Foi muito emocionante vaciná-los e receber a vacina. Dentro de todo esse contexto que vivenciamos hoje, a vacina nos dá esperança de dias melhores. Pensar que estamos fazendo promoção e prevenção de saúde em um momento que corremos atrás do prejuízo em relação à Covid é maravilhoso”, comenta a enfermeira.