A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é a 23ª entre as melhores instituições do Latin America University Rankings 2022, feito pela consultoria britânica QS Quacquarelli Symonds. O resultado está disponível em Latin America 2022 e indica, ainda, que a UFSC é a quarta instituição federal com maior pontuação do País, destacando-se em todos os critérios avaliados. A UFSC se mantém na posição pelo segundo ano consecutivo.

A edição deste ano contou com a participação e análise de 416 instituições, com 11 novas ingressantes. O índice de cada universidade é elaborado por meio de oito indicadores com pesos distintos: reputação acadêmica (30%), reputação de empregabilidade (20%), proporção de professor por estudante (10%), corpo docente com doutoramento (10%), rede internacional de pesquisa (10%), citações por artigo (10%), artigos por instituição (5%) e impacto geral (5%).

A UFSC teve desempenho de destaque em critérios como impacto geral, no qual garantiu a sexta melhor média; corpo docente com doutoramento, ficando entre as dez primeiras do continente; e rede internacional de pesquisa, garantindo a décima segunda colocação. A instituição também manteve boa média nos demais critérios, atingindo a pontuação 70.00, o que a coloca entre as melhores do Brasil e do continente.

“A UFSC se mantém na posição pelo segundo ano consecutivo, mesmo com os sucessivos cortes orçamentários, e ataques frequentes à autonomia universitária, e com um ensino remoto emergencial em vigor. Sabemos que a pandemia tem nos apresentado diversos desafios aos nossos professores, técnicos e estudantes, e comemoro esses resultados, pois demonstram que estamos mantendo nossa qualidade, e seguiremos com pesquisa, ensino e extensão de excelência”, avalia o reitor da UFSC, Ubaldo Cesar Balthazar.