Surpreende-me o despertar para a vida! E nesse ato, a capacidade da simplicidade, do olhar, da alegria e empatia. Todos os dias é dia para desejar às pessoas o bom dia, uma excelente tarde e a felicidade de um descansar. Existem seres humanos que não conseguem se abrir para se deixar impressionar com o tempo ao seu redor, cabe a nós, fazer esse processo de ajuda, enquanto a alma não se fecha para o mundo.

Percebo a falta de alegria, em meio a caminhos tortuosos, e meu sorriso se revela a essência do florescer de uma nova espécie de flores geminadas num jardim, que muitas vezes se encontra preparada de maneira errada. Anseio, mostrar no meu rosto, uma verdade imutável, no qual penetra espaços íntimos, mesmo sem saber das condições desses lugares, com o intuito de levar um pouco de esperança.

Viver é como sentir uma brisa no corpo! É enxergar a ligação entre quem somos e quem nos criou, compreendendo que a poesia também pode refletir no andamento da restauração existencial. A minha filosofia diz: “viva hoje, construindo o bem estar de amanhã”. Esta orientação filosófica, enche a consciência humana de esplendor, visando sobretudo, motivar, enraizar, transbordar, encaminhar, o ser a ter coragem.