A alma não tem preço.

Não pode ser comprada,

Ela é imensurável,

Vida da vida que suspira pelo o nada.

Algo que o homem tem,

Porque sem explicações filosóficas,

Históricas e psicológicas,

Antropológicas…

Recebemos sem saber seus segredos.

Por jamais haverá um individuo na terra,

Que possa desvendar sua origem oculta.

Esta alma que tantos a perdem,

Não sabendo cuidar da espiritualidade…

Oh! Alma que me cabe tão bem,

Em mim, sabeis que es fundamentação.

Oh! Alma que me cabe tão bem,

Em mim, sabeis que és tão preciosa.

Oh! Alma que me cabe tão bem,

Em mim, sabeis que não estais a venda,

E que a poesia só é dada a maiêutica,

Porque recebeis no mundo poético,

Da inspiração poética, a comunicação [palavras tão eternas]