Acaba de ser lançado o Programa Tei@, criado pela Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) junto com a Fundação Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) para geração de dados e inovação para o setor turístico catarinense. O investimento é de quase R$ 1 milhão. 

Podem participar professores doutores, vinculados a Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) de Santa Catarina. As inscrições serão feitas diretamente na plataforma da Fapesc até o dia 17 de outubro.  

>>> Confira o edital completo aqui. Em caso de dúvida, envie e-mail para pesquisa@fapesc.sc.gov.br

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, destaca que o objetivo do programa é gerar pesquisas aplicadas e convida a todos os pesquisadores a participar. “Estamos com uma expectativa muito grande com essa aproximação da área do turismo com a ciência, a tecnologia e a inovação, que é uma das propostas da Fapesc.”

Quem também tem uma boa expectativa é o presidente da Santur, Renê Meneses. “O Tei@ é um programa muito esperado pelo nosso setor, pois irá trazer maior solidez para nossa área de dados, bem como o desenvolvimento de metodologias para pesquisas e estudos sobre o turismo catarinense. Com isso, avançaremos na inovação do turismo do nosso estado com a implementação de um laboratório na sede da Santur. Esse é um grande passo para um turismo mais técnico, eficiente e profissional”, afirma. 

O Programa Tei@ contempla três eixos temáticos: a otimização da plataforma Almanach, já lançada pela Santur, e a formação de atores estratégicos para tomada de decisão baseada em dados; o desenvolvimento de metodologias e a efetiva implantação de um laboratório de inovação na área do turismo; e a realização de estudos estratégicos relacionados ao desenvolvimento da atividade turística em Santa Catarina. 

Para isso, será investido R$ 937 mil, o que equivale a pouco mais de R$ 310 mil para cada projeto. Os recursos são compostos de R$ 784 mil da Santur e R$ 153 mil da Fapesc. 

Os recursos poderão ser usados para aquisição de materiais para as pesquisas e bolsas. Serão 10 bolsas com valores que variam de R$ 1,5 mil a R$ 4 mil. 

A gerente de Pesquisa de Ciência e Pesquisa da Fapesc, Deborah Bernett, ressalta o papel dos bolsistas nesses projetos. “São bolsas para apoiar os recursos humanos que serão um ponto importante para o desenvolvimento das pesquisas. Serão selecionados profissionais de nível superior, com competência e bastante  expertise”, confirma. 

O Programa Tei@ faz parte do Programa #Fapesc@Gov+Pesquisa&Inovação, que tem como objetivo levar a ciência e inovação para os órgãos públicos do Estado. Essa é a terceira ação da Fapesc em parceria com a Santur. Já foram lançados dois outros editais relacionados à inovação e pesquisas na área do turismo, o Inovatur e o Estudo de Demanda Turística Estadual.

Fapesc cria programa inédito de apoio ao empreendedorismo universitário

Santa Catarina terá um amplo programa de incentivo ao empreendedorismo inovador nas universidades. A iniciativa é realizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). O investimento chega a R$ 9,5 milhões para criação de incubadoras e pré-incubadoras nas instituições de ensino superior. O lançamento do edital será feito na próxima terça-feira, 21.

O objetivo é envolver estudantes de graduação, egressos recém-formados e jovens pesquisadores dos cursos de pós-graduação. Serão contempladas ideias inovadoras e sustentáveis, tanto ambiental quanto social e economicamente, em todas as áreas do conhecimento. 

Com o programa, será possível tornar os trabalhos de conclusão de curso em negócios, produtos e serviços, resultando em transferência de tecnologia para o mercado, na criação de startups e de novos negócios, além de emprego e renda. 

Como participar

Cada Instituição de Ensino Superior de Santa Catarina (IES) poderá apresentar até cinco propostas. A submissão deve ser feita entre 21 de setembro e 18h do dia 21 de outubro de 2021 na Plataforma da Fapesc.

Live de lançamento

A Fapesc fará uma live na próxima terça-feira com as principais lideranças acadêmicas de Santa Catarina para falar sobre o programa e tirar dúvidas. 

Quem quiser, pode acompanhar pelo canal do YouTube (https://www.youtube.com/c/FapescGovSC)  da fundação a partir das 14h. 

Indicadores

O Ranking Universidades Empreendedoras, de 2019, mostra que 74% dos estudantes universitários brasileiros acreditam que têm uma postura empreendedora. Também que 6 em cada 10 pretendem abrir uma uma empresa em algum momento da vida. 

Esse cenário se contrapõe ao contexto das universidades em que 57% dos alunos afirma que não há ou não conhece os ambientes de inovação dentro das instituições. 

O perfil médio dos estudantes que responderam às questões do ranking é composto por mulheres (55%), homens (45%) e que vivem com renda familiar menor do que três salários mínimos (50%). 

No que se refere ao contexto local, seis universidades catarinenses estão entre as 50 mais empreendedoras do país. 

UFSC (6º lugar)

UnoChapecó (17º)

Udesc (21º)

Furb (31º)

Univille (36º)

Unesc (44º)