A ocupação dos hotéis e da grande Florianópolis em setembro deixa o setor otimista para a temporada. Os números são comparados ao mesmo período de 2019, já que em 2020 as severas restrições praticamente paralisaram o segmento por conta da pandemia. Como desta vez houve um feriadão, com a folga nacional em uma terça-feira, o resultado é melhor- e animador. Para Estanislau Bresolin, presidente do sindicato de Hotéis, Restaurante, Bares e Similares da região (SHRBS), a variação negativa de 0,7% reflete este aspecto, mas aponta para um verão de sucesso, principalmente diante do avanço da vacinação da população.

Tivemos um acréscimo no movimento nas praias (23,1%), justamente devido ao feriadão, mas os dados são muito positivos, explicar. A queda da taxa nos hotéis do centro da Capital (12,4%) é atribuída pelo líder empresarial á lenta retomada dos eventos em Santa Catarina. Compreendemos o resultado e a última portaria, que, mesmo com tantas condições, certamente incorrerá em um resultado bem melhor até o fim do ano, comenta. A pesquisa foi festa em 54 hotéis da grande Florianópolis.