Com a Cidade de Lobos prestes a ser invadida pelo último caçador, Matias German, Juan Pablo, Ayala, Ian e Sibile, vão buscar reforços, tentando convencer os lobisomens e mestiços a se aliar para se livrar do perigo iminente. Diante de tudo isso, sentimentos irão continuar sendo o motivo inesperado, algo a ter que ser lidado.

Capítulo 5: O TEMPO DE ESPERA

OS LOBOS

Antes que pudesse atirar em Matias e Ian, um lobisomem assumiu o comando, e partiu para cima do caçador que, sem demora, e de forma inexplicável, sumiu. Então, eles, sendo ainda homem, não estavam nem um pouco contentes com os visitantes. 

Kain Muriel: -O que fazem nas nossas terras?

Ian: -Eu sou Ian, esse é Matias… -Interrompido por Kain.

Kain: -Sou o líder da matilha. Mas, não responderam a minha pergunta.

Matias German: -Precisamos de ajuda para acabar com o caçador.

Kain: -Por que ele está aqui?

Matias German: -Para acabar com todos nós.

Kain: -Não queremos lutar. -Disse franzindo a testa.

Ian: -É necessário neste momento.

Kain: -Vou conversar com os meus e, logo, dou a vocês a resposta.

Ian: -Obrigado.

Kain seguiu o seu caminho para conversar com os seus companheiros. 

OS MESTIÇOS

Tom: -Sibila, o que deseja, afinal?

Sibila: -Unirmos nossas forças contra o caçador.

Tom: -O caçador? -Perguntou assustado.

Sibila:  -O último deles está aqui em Lobos.

Ayala: -Vai acabar com a nossa raça.

Juan Pablo: -E a dos lobisomens e dos mestiços.

Sibila: -Outros dois vampiros estão convencendo os lobisomens.

Tom: -Embora sejamos anjos caídos, os demônios, queremos viver em paz com a nossa raça, então… -Suspirou. – Vou ver com os outros, aguardem!

Sibila: -Obrigado Tom.

Tom foi ter com os seus.

Ayala: -Como se conhecem?

Sibila:-Longa história, uma hora conto a você.

A discussão dos mestiços e lobisomens, cada um com o seu grupo, poderia demorar até tarde, mas esperar, agora, era imprescindível para que pudessem juntos, mesmo sendo inimigos, lutarem por uma causa maior. O destino estava nas mãos dessas duas raças.  

Agora, só restava o tempo…É o que não tinham no momento.