Cerca de 100 voluntários participaram da 27ª etapa do projeto Limpeza dos Mares, no último sábado (16), em Canasvireiras e na Ilha do Francês, no norte da ILua em Florianópolis. A ação, realizada pela ACATMAR (Associação Náutica Brasileira), Mundo Mar e Aqcuanauta Floripa, recolheu em torno de 1,2 tonelada de resíduos. Entre os materiais, mais de 10 mil bitucas de cigarro, 600 garrafas de vidro, pets e latinhas, tampinhas de lata e de plástico, canudinhos, um gabinete de ar-condicionado, fraldas descartáveis, absorventes, brinquedos, garfos, pedaços de cano, capacete, banco de bicicleta, palitos de fósforo, isqueiro e redes de pesca, além de muitos outros.

O Limpeza dos Mares vem ocorrendo desde 2014 em vários locais do litoral catarinense e a iniciativa agora soma 114,4 toneladas de resíduos coletados do fundo das águas, praias e costões. “Além disso integramos diversas ações de conscientização junto às comunidades por onde passa o projeto”, afirma Michele Castilho, diretora da ACATMAR.

Gustavo Petry Custódio, gerente de marketing do Fort Atacadista, diz que “o projeto é um exemplo prático de como a soma de pequenos esforços gera mudanças significativas e desperta o público para a cidadania”.

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos de Santa Catarina, esteve presente com uma embarcação prestando o apoio na Ilha do Francês; e a Polícia Ambiental acompanhou a ação na areia da Praia de Canasvieiras.

“Apoiar um projeto como o Limpeza dos Mares está totalmente alinhado com nossos valores e o respeito às futuras gerações”, destaca Marcell Gossen, gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da ArcelorMittal Vega, um dos patrocinadores.

A iniciativa contou ainda com a participação da COMCAP, responsável pela coleta do lixo separado e catalogado, e da Superintendência da Pesca, Maricultura e Agricultura, que participou da ação com o pessoal do Projeto Rancho de Amor à Ilha, capitaneado pelo Superintendente Adriano Weickert. 

Esta Etapa teve o apoio da: Marinho Marina, Superintendência da Pesca, Maricultura e Agricultura de Florianópolis e COMCAP. O apoio ao projeto é da Polícia Militar Ambiental de SC, Capitania dos Portos de SC, ICMBio, Companhia da Praia, Medilona, P & P Polímeros, Floripa Eco Sacolas Ecológicas, Iate Clube Veleiros da Ilha, Paulista Balões Infláveis, Plastkolor e o Programa Bandeira Azul.