Guarda Municipal, realizou nesta madrugada mais uma blitz da Operação Lei Seca no Campeche no sul da Ilha em Florianópolis. Nesta ação, 65 condutores foram abordados e dois deles se recusaram a fazer o teste de alcoolemia, infringindo a Lei Seca. A autuação resulta em multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano.

  • 65 veículos abordados e condutores submetidos ao teste do Etilômetro.
  • 02 condutores submetidos ao teste no valor superior a 0,05 mg/l (acima de 0,05 até 0,33 medida administrativa auto de infração multa de 2,934,70 e suspensão do direito de dirigir. Acima disso acarreta também a prisão em flagrante.
  • 02 condutores foram autuados por recusar-se a sub. ao teste do Etilômetro valor 2,934,70.
  • 02 com cnh caçada ou suspensa isso que mais chamou atenção dois condutores que já não poderiam estar dirigindo e floran flagrados na condução do veículo.

O condutor que estava suspenso agora será caçada a cnh que significa a perda da habilitação e só poderá refazer após dois anos entrando na auto escola e refazendo tudo novamente como se nunca tivesse tido habilitação.

Ainda na noite de quarta-feira 27 de outubro, uma condutora de 30 anos, estava sozinha dirigindo um Fiesta passou reto na saída da ponte Colombo Sales invadindo o canteiro na via. O incidente aconteceu por volta das 23h30mim. A Guarda Municipal, atendeu essa ocorrência no trânsito, no local os agentes da GMF, ofereceram o teste do bafômetro que foi negado pela condutora, o veículo também estava com documentação atrasada e por conta disso foi autuada por recusar o teste Etilômetro no valor de R$ 2,934,70, teve o Veículo removido pela medida administrativa: Por conduzir veículo que não estava devidamente linceciado.

Nas primeiras horas nesta quinta-feira 28 de outubro, os agentes da Guarda Municipal de Florianópolis atenderam mas uma ocorrência de trânsito na capital, desta vez uma colisão envolvendo um motociclista e um veículo de passeio na via expressa próximo da ponte Pedro Ivo em Florianópolis. Os envolvidos nessa colisão foram atendidos por uma equipe médicas da Ambulância dos bombeiros, a condutora estava consciente, com dores no tornozelo, segundo a Guarda Municipal de Florianópolis (GMF).