Em fala contundente na manhã desta quinta-feira, 25 de novembro, durante o encontro da Frente Nacional dos Prefeitos, o prefeito Gean Loureiro defendeu o início imediato da imunização de crianças de 5 a 11 anos. De acordo com Loureiro, um estudo técnico encomendado pelo Consórcio Nacional de Saúde – Conectar, a qual ele preside, apontou a importância de proteger as crianças para diminuir ainda mais a transmissibilidade da doença e chegar a pelo menos 90% da população brasileira imunizada.

“Nós formatamos um documento para o Ministério da Saúde pedindo a imediata inclusão das crianças no Plano Nacional de Imunização – PNI. Sabemos que os sintomas são mais brandos para eles, mas a transmissibilidade pode ser diminuída com a vacinação. Os estudos já demonstraram uma eficácia de 90% nas crianças com a vacina da Pfizer”.

O estudo encomendado pelo Conectar e liderado pela epidemiologista Carla Domingues, que coordenou o PNI durante 8 anos, apontou que no Brasil a mortalidade de crianças e adolescentes por COVID apresenta taxas cerca de 4 a 8 vezes superiores, respectivamente, às registradas em países como EUA e Reino Unido.

O Consórcio Conectar engloba mais de 2,5 mil municípios brasileiros de todas as regiões.